Quer dizer que o que você curte mesmo é um filme de terror. Daqueles de precisar olhar embaixo da cama, no armário e até no boxe do banheiro antes de dormir, só pra garantir que ele/ela/eles/aquilo não esteja só esperando você adormecer pra NHAC! Só assim pra saber que o filme valeu de verdade, né?

Então se prepara, jovem fã das artes do terror, porque a lista de hoje chega com os 10 melhores e mais assustadores filmes que o cinema cozinhou para nós desde lá de trás até os dias de hoje, junto de produtos para você já ir se preparando para o Halloween!

Compartilhe essa dica nas suas redes sociais, Shopper!

Hereditário (2018)

Começando pelo mais recente filme a me deixar absolutamente aterrorizado, o filme Hereditário, de Ari Aster, acabou de sair, mas já está entrando em todas as listas do mundo do terror. A atriz principal, Toni Collete, já está até sendo cotada para o Oscar por sua atuação sensacional. Que filme, minha gente!

Inovação do Mal (2013)

Uma espécie de Exorcista da nossa geração, Invocação do Mal tem momentos de tensão incríveis sem ter que apelar pra sustos baratos (ou jump scares). O filme também deu origem a todo um leque de filmes que se seguiram, criados pelo diretor James Wan.

Ringu (1996)

Se você ainda não viu O Chamado original, que é japonês, não perde por esperar. O filme dirigido por Hideo Nakata é extremamente sinistro e segue a tradição de filmes japoneses de deixar os cabelos em pé. Se você teve medo do remake, se prepare para o original… E não atenda o telefone.

Pânico (1996)

Os anos 90 foram muito prolíficos no mundo do terror, mas, para mim, ninguém foi tão efetivo no rolê facada pra todo lado que o filme Pânico, dirigido pelo mestre Wes Craven. Tanto que a franquia foi longe, lançando filmes por anos e mandando até uma série recentemente (apesar de, né… Não se compararem ao original).

A Bruxa (2016)

Dirigido por Robert Eggers, A Bruxa conta uma história simples, mas assustadoramente efetiva quando o assunto é tensão-ao-máximo-pelamordedeus. Sem estragar muito do filme, se prepare para a cena do irmãozinho possuído. É de arrepiar.

Psicose (1960)

Clássico dos clássicos, Psicose, do mestre dos magos do terror, Hitchcock, tem cenas tão emblemáticas que, se você não viu ainda, vai acabar reconhecendo diversas cenas vistas por aí, em meio a clipes e imitações. O original, acreditem, é melhor.

A Bruxa de Blair (1999)

Tem quem goste, tem quem odeie e tem quem ame. Eu, pessoalmente, amo. Bruxa de Blair criou um estilo, o documentário de terror fake, e permanece em listas de terror em todo o mundo. Se não viu, é quase obrigatório pra fãs do medinho eterno.

Suspiria (1977)

Apesar de entrar nas longas fileiras de remakes que estão chegando, o filme original de Dario Argento, rei do terror italiano, merece a atenção de fãs do gênero de todas as idades. Perturbador pacas, direção de fotografia única e merecedor de estar em qualquer lista de top 10 #QueVocêRespeita

Get Out (2017)

Filme de estréia do ator, comediante e diretor Jordan Peele, o filme, além de bem assustador, funciona como um excelente comentário sobre a sociedade americana (e, convenhamos, mundial), conflitos e desentendimentos raciais, e o preconceito enraizado em muita gente por aí. Você nunca mais vai ver uma chicara de chá da mesma forma.

Dawn of the Dead (1978)

Sequência do clássico Noite dos Mortos Vivos, também dirigido pelo maravilhoso George Romero (te amo), Madrugada trás toda carnificina zumbi que você já espera do diretor veterano, sem perder de vista comentários sociais, raciais e sobre o consumismo que começava a se instalar na vida do americano e, eventualmente, do mundo todo.

Conta pra gente, Shopper. Este post foi útil pra você?

Ver mais categorias