Como a Apple fez todo mundo amar o iPhone

Graças a Steve Jobs, a Apple conseguiu transformar o iPhone em um dos celulares mais vendidos do mundo. Conheça um pouco da história do iPhone e da própria Apple aqui.iPhone 8

Em 2018, a Apple pode se tornar a primeira empresa do mundo a valer US$ 1 trilhão ou, ao menos, a chegar bem perto disso. Impressionante, não? Parte desse sucesso monstruoso se deve a um celular que você certamente conhece: o iPhone.

Mas o que a “marca da maçã” faz, exatamente? Como ela chegou tão longe? Por que o iPhone é sucesso no mundo todo? Qual o papel de Steve Jobs nessa história toda? Se você já se fez essas perguntas, fique aí que a gente conta nas próximas linhas alguns detalhes bem interessantes sobre a marca.

Steve Jobs: o grande nome por trás da Apple

Você sabia que a marca foi criada há mais de 40 anos? A inspiradora trajetória da empresa começou em 1976 por Steve Wozniak, Ronald Wayne e Steve Jobs. Se você só conhece o último nome, tudo bem: Ronald Wayne ficou pouquíssimo tempo no negócio; Steve Wozniak, apesar de ter sido essencial para os primeiros anos da companhia, acabou saindo dela em 1985.

Graças a Steve Jobs, a Apple conseguiu transformar o iPhone em um dos celulares mais vendidos do mundo. Conheça um pouco da história do iPhone e da própria Apple aqui.Steve Jobs apresentando o primeiro iPhone

Steve Jobs é quem acabou se tornando o principal nome por trás da marca, principalmente por ter sido um visionário genial. Uma de suas principais preocupações era transformar o computador em um equipamento que pudesse ser usado por qualquer pessoa — nas décadas de 1970 e 1980, computadores ainda eram muito vistos como máquinas para empresas.

Os primeiros computadores para uso pessoal da marca foram o Apple I e o Apple II. Mas o sucesso mesmo veio em 1984 com o lançamento do Macintosh, computador que deu origem à renomada linha Mac. Hoje, essa linha é composta por equipamentos como MacBook Air, MacBook e iMac.

Graças a Steve Jobs, a Apple conseguiu transformar o iPhone em um dos celulares mais vendidos do mundo. Conheça um pouco da história do iPhone e da própria Apple aqui.

Macintosh, uma revolução para a época

É verdade que a história da marca não teve só bons momentos. Problemas internos fizeram Steve Jobs ser desligado da empresa que ele fundou em 1985. Mas, em 1996, a Apple comprou a NeXT, companhia que Jobs criou após ter perdido o cargo. Com isso, ele voltou a liderar Apple, ajudou o iMac a se tornar um sucesso de vendas e, anos mais tarde, lançou o fenômeno iPhone.

Antes de continuarmos, vale ressaltar que a Apple não fabrica só computadores e iPhones. Atualmente, a companhia também tem smartwatch (Apple Watch), alto-falante inteligente (HomePod) e, claro, a linha iPad:

A chegada do iPhone

Ao contrário do que muita gente pensa, a Apple não inventou o smartphone. Celulares com recursos sofisticados já eram fabricados por marcas como Nokia e Motorola. Porém, Steve Jobs acreditava que esses dispositivos eram pouco práticos: teclado físico e caneta para tocar na tela estavam entre as características que ele achava que não deveriam existir.

Foi então que, no começo de 2007, após meses de trabalho de uma equipe de designers, engenheiros e afins, Steve Jobs realizou um evento histórico para apresentar o celular que ele considerava ideal: o iPhone.

Todo mundo queria ter um. O primeiro iPhone trazia tela sensível a toques no lugar de teclado, um sistema operacional (o iOS) fácil de usar, player de música inspirado nos iPods (outra grande invenção da Apple, lembra deles?), design externo limpo e moderno (para a época, pelo menos), entre várias outras novidades.

Graças a Steve Jobs, a Apple conseguiu transformar o iPhone em um dos celulares mais vendidos do mundo. Conheça um pouco da história do iPhone e da própria Apple aqui.

O lendário iPhone 3G, de 2008

O iPhone ficou ainda mais interessante na versão seguinte, o iPhone 3G, que trouxe recursos como a loja de aplicativos App Store e acesso à internet mais amplo. A Apple pode não ter inventado o smartphone, mas revolucionou a forma como utilizamos esse dispositivo.

Esta é a consequência de tanto cuidado com um produto: o iPhone é renovado a cada ano e é um dos gadgets mais vendidos do mundo até hoje. O único problema é que, de modo geral, os modelos do iPhone acabam sendo caros, razão pela qual muita gente recorre a versões antigas ou importadas para não ficar sem um. Até já comentamos aqui no The Shoppers se vale a pena comprar um iPhone da China e tem até um vídeo sobre os celulares da China que são melhores e mais baratos que os iPhones.

Curiosidades sobre a Apple e o iPhone

Antes de encerrarmos, aqui vão algumas curiosidades bem legais sobre o universo da Apple e do iPhone:

Mudança de nome: para começar, a companhia se chamava Apple Computer até 2007. Com a chegada do iPhone, a palavra “Computer” foi retirada em alusão ao fato de que a empresa não fabricava mais apenas computadores. O novo nome passou a ser Apple Inc.:

Graças a Steve Jobs, a Apple conseguiu transformar o iPhone em um dos celulares mais vendidos do mundo. Conheça um pouco da história do iPhone e da própria Apple aqui.

O poderoso iPhone X

iPhone X: lançado em 2017, o iPhone X é o modelo que fez celulares com notch virarem tendência (notch é o pequeno entalhe que abriga a câmera frontal no topo da tela). Mas não é só: o iPhone X foi lançado em comemoração aos dez anos do iPhone;

Robô Daisy: a Apple apresentou recentemente um robô chamado Daisy que consegue desmontar até 200 iPhones por hora para reciclagem de componentes. Com isso, a companhia evita que um número grande de iPhones velhos ou quebrados sigam para o lixo e prejudiquem o meio ambiente.

Onde o iPhone é fabricado: a Apple é uma gigante dos Estados Unidos, mas o iPhone e outros gadgets da marca são fabricados em um lugar que é a casa da Xiaomi, Huawei e tantas outras marcas que a gente adora: a China;

Rival da Samsung, mas não tanto: a Samsung é umas das maiores concorrentes da Apple, mas não totalmente. A companhia coreana fornece chips, telas e outros componentes para fabricação do iPhone e outros aparelhos da marca.

Na seleção abaixo, alguns acessórios para você aproveitar melhor o seu iPhone:

Legal, né? Continue ligado aqui no The Shoppers, pois estamos sempre trazendo novidades e dicas de produtos em lojas online como AliExpress, Banggood, GearBest, Tomtop e LightInTheBox ;-)

Conta pra gente, Shopper. Este post foi útil pra você?

Ver mais categorias