Quando o assunto é celular, a chinesa Xiaomi é um dos primeiros nomes que vêm à mente. Pudera: os gadgets da marca unem qualidade com preços justos. O problema, para nós brasileiros, é que a empresa não está presente oficialmente no nosso país. Aí vem a dúvida: onde comprar Xiaomi no Brasil sem pagar uma fortuna? Continue aí que a gente te dá algumas dicas.

Por que todo mundo fala de Xiaomi?

A Xiaomi não vende seus celulares no Brasil. Mas quem disse que você não pode ter um para chamar de seu? Veja aqui onde comprar Xiaomi.

Celular Xiaomi

No Brasil, estamos acostumados com celulares de marcas como Apple, Samsung e Motorola. Todas fazem smartphones interessantes, mas elas não são as únicas: nos últimos anos, várias marcas chinesas passaram a fabricar celulares excelentes e, o melhor, com preço acessível.

É o caso da Xiaomi. Inicialmente, a empresa fazia celulares apenas para vendê-los na China. Esse é um mercado gigantesco e, portanto, marcas que se sobressaem nele têm grandes chances de fazer sucesso em outras partes do mundo. Foi o que aconteceu: depois de se tornar uma das maiores fabricantes de celulares dentro da China, a Xiaomi partiu para outros países, principalmente da Ásia e Europa.

A Xiaomi não vende seus celulares no Brasil. Mas quem disse que você não pode ter um para chamar de seu? Veja aqui onde comprar Xiaomi.

A Xiaomi tem celulares de todos os tipos!

Muita gente não sabe, mas a Xiaomi já teve filial no Brasil. Foi em 2015. Porém, no ano seguinte, a empresa foi embora. Na época, a marca era menos conhecida entre os brasileiros do que é hoje. Esse foi um dos fatores que a fizeram desistir do nosso país :(

Talvez a marca volte para cá, afinal, agora ela é muito mais conhecida. Mas, enquanto esse dia não chega, temos que pesquisar bem para saber onde comprar Xiaomi no Brasil.

Quais celulares Xiaomi comprar?

Olha, existe um monte de opções. Isso porque a Xiaomi cria celulares para todos os perfis de uso. Vamos dar dois exemplos baratinhos. Primeiro: se você é um usuário exigente, talvez irá gostar do Xiaomi Mi 8 Lite, smartphone equipado com tela de 6,26 polegadas, processador Snapdragon 660, 4 GB ou 6 GB de memória RAM e câmera traseira dupla de 12 + 5 megapixels.

Agora, se você não abre mão do desempenho, mas também não está disposto a gastar muito, o Xiaomi Mi A2 aparece como uma ótima opção. Esse aparelho traz tela de 5,99 polegadas, chip Snapdragon 660, 4 GB ou 6 GB de RAM e câmera dupla na traseira de 20 + 12 megapixels.

A melhor parte é que o Xiaomi Mi A2 oferece tudo isso e mais um pouco, mas custa por volta de R$ 1 mil na conversão para reais. Ok, mas onde comprá-lo? Ou melhor, onde comprar Xiaomi, não importa o modelo (afinal, há várias opções, como já dito)?

A Xiaomi não vende seus celulares no Brasil. Mas quem disse que você não pode ter um para chamar de seu? Veja aqui onde comprar Xiaomi.

O Lindão do Xiaomi Mi A2.

Onde comprar Xiaomi?

Olha, um dos lugares onde você pode comprar Xiaomi é na GearBest. Estamos falando de uma das maiores lojas online do mundo! Esse site é interessante porque, além de oferecer uma variedade gigantesca de produtos, costuma ter preços atraentes e descontos generosos.

Só para você ter noção, o Xiaomi Mi 8 Lite custa menos de US$ 250 por lá, mais as despesas de envio. No Brasil, um celular com configuração equivalente custa pelo menos o dobro na conversão para reais. O Xiaomi Mi A2 também sai barato: pouco mais de US$ 200 na GearBest para a versão com 4 GB de RAM e 64 GB de capacidade de armazenamento.

A Xiaomi não vende seus celulares no Brasil. Mas quem disse que você não pode ter um para chamar de seu? Veja aqui onde comprar Xiaomi.

Xiaomi Mi 8 Lite

Mas, peraí, não existe uma restrição na Anatel que cobra R$ 200 para a importação de celulares ou até impede a entrada desses aparelhos no Brasil? Sim, existe. Por isso que você precisa avaliar as despesas de envio e pesquisar bem antes de concluir uma compra em uma loja internacional. Para te ajudar nisso, explicamos tudo sobre a cobrança de R$ 200 da Anatel aqui.

Se você acredita que, diante dessas circunstâncias, não é o momento de comprar na GearBest ou outra loja internacional, não se preocupe: existem outros lugares onde comprar Xiaomi é perfeitamente possível.

Uma das opções é o serviço Compra Fora dos Correios. Com ele, você pode fazer compras em lojas online ou físicas e pedir para a entrega ser feita em um endereço nos Estados Unidos. Depois, os Correios se encarregam de fazer o envio até o seu endereço no Brasil.

Comprar Xiaomi no Grabr

A Xiaomi não vende seus celulares no Brasil. Mas quem disse que você não pode ter um para chamar de seu? Veja aqui onde comprar Xiaomi.

Grabr.

Outro lugar onde comprar Xiaomi é fácil é a plataforma Grabr, já ouviu falar dela? Se não, explicamos tudo sobre o Grabr aqui, mas eis um resumo: esse serviço é uma espécie de rede social que conecta compradores a viajantes. O comprador encomenda um produto, então o viajante o compra em seu destino e, na volta, traz o item na bagagem.

Só para dar um exemplo: depois de se cadastrar no Grabr, você pode fazer um pedido na plataforma para que alguém que estiver indo aos Estados Unidos compre um Xiaomi na Amazon. Depois, na volta ao Brasil, o viajante entrega o produto a você em um lugar a combinar. Simples assim.

Aqui no The Shoppers, recomendamos fortemente o Grabr porque o serviço é fácil de usar e confiável. É necessário pagar uma comissão para o viajante, mesmo assim, o valor total da compra costuma ficar muito em conta. O melhor de tudo é que não há impedimento da Anatel.

 

É verdade que uma tal de DL vai vender celulares Xiaomi no Brasil?

É verdade, sim. Ok, então a DL é outro lugar onde comprar Xiaomi será possível. Mas será que é viável? Depende. A DL estabeleceu uma parceria com a Xiaomi para vender smartphones da marca no Brasil. É como se ela fosse uma representante oficial da empresa.

Os aparelhos serão importados. Para isso, é necessário que cada modelo de celular receba homologação da Anatel. Para a fase inicial, apenas dois smartphones Xiaomi foram homologados para venda no Brasil. Um é o Pocophone F1. O outro, o Redmi Note 6 Pro.

São dois celulares muito interessantes. O Xiaomi Pocophone F1 é um smartphone premium, mas com preço mais acessível que outros modelos da categoria. Ele tem entre suas características o poderoso processador Snapdragon 845 e 6 GB ou 8 GB de RAM.

A Xiaomi não vende seus celulares no Brasil. Mas quem disse que você não pode ter um para chamar de seu? Veja aqui onde comprar Xiaomi.

O poderoso Xiaomi Pocophone F1

Já o Redmi Note 6 Pro se destaca por sua excelente tela. Trata-se de um painel de 6,26 polegadas com resolução de 2280×1080 pixels. Ele vem ainda com chip Snapdragon 636, de 3 GB a 6 GB de RAM e câmera dupla na traseira de 12 + 5 megapixels.

São dois celulares tão legais que a gente fica realmente empolgado em saber que eles serão vendidos no Brasil. Mas é preciso tomar cuidado com as expectativas porque ainda não sabemos os preços. Além disso, a DL ainda não falou nada sobre trazer outros celulares e gadgets Xiaomi para o Brasil.

A Xiaomi não vende seus celulares no Brasil. Mas quem disse que você não pode ter um para chamar de seu? Veja aqui onde comprar Xiaomi.

Olha aí o Xiaomi Redmi Note 6 Pro

A DL disse, porém, que tanto o Xiaomi Pocophone F1 quanto o Redmi Note 6 Pro serão vendidos inicialmente pela Ricardo Eletro e outras lojas ligadas a essa rede a partir de março de 2019. Elas terão total liberdade para definir os preços. Dependendo do que for decidido, serviços como o Grabr talvez continuem sendo lugares onde comprar Xiaomi compensa mais.

Não desista de comprar o seu Xiaomi

Como você vê, ainda dá um pouquinho de trabalho comprar Xiaomi no Brasil, mas o esforço vale a pena. Os gadgets da marca são tão caprichados que fizeram a Xiaomi estar, hoje, entre as maiores fabricantes de celulares do mundo!

Continue de olho no The Shoppers. Sempre que tivermos dicas sobre onde comprar Xiaomi (e outras marcas chinesas bacanudas), a gente informa aqui ;-)

Compartilhe essa dica nas suas redes sociais, Shopper!

Conta pra gente, Shopper. Este post foi útil pra você?

Ver mais categorias