Fun

Mama África: um roteiro de 10 dias pela África do Sul

Quando decidimos que nossas próximas férias seriam na África do Sul pensei que 10 dias seria muito tempo. Não que o destino não chamasse atenção. Mas pensava: “o que tanto há lá além de Joanesburgo, Cidade do Cabo e o Parque Kruger”?!

Ao começarmos a planejar o roteiro percebi que seria diferente. Nosso primeiro destino seria o Parque Kruger, famoso pelos safaris. Assim que começamos a procurar opções no Airbnb nos deparamos com várias perguntas. As principais eram: Por qual portão iríamos entrar e sair? Em quais cidades nos hospedaríamos na África do Sul? Como fazer tudo de forma segura?

10 dias por Joanesburgo, Parque Kruger e Cidade do Cabo! Confira nossas dicas de roteiro e Airbnbs para uma viagem inesquecível ao continente africano

Malelane

O roteiro começou com Malelane, cidade ao sul do Parque Kruger. Como o voo saiu de São Paulo para Joanesburgo, alugamos um carro assim que aterrissamos. Ao chegarmos, nos deparamos com um calor agradável, um quarto lindo e confortável, e muito calor humano.

Aliás, esses são os porquês de sempre buscarmos hospedagens através do Airbnb! A plataforma sempre nos dá uma experiência incrível: preços justos, acomodações dentro das expectativas, segurança de pagamento, além do contato com locais que sempre rende ótimas dicas.

Mas, voltando ao roteiro: como nos programamos para um self-drive safari, precisávamos escolher bem nosso ponto de partida. A experiência que tivemos saindo de Malelane foi ótima! Ficamos próximos do portão, então pudemos levantar mais tarde e ainda assim não pegamos filas.

Cruzar a savana pelas estradas do Kruger é indescritível! Estávamos prontos para a nossa próxima parada, na cidade de Hazyview.

Hazyview

Acertamos em cheio ao escolher Hazyview como nossa segunda parada. Ela possui uma localização estratégica, próxima do início da Panorama Route. Essa rota de aproximadamente 100 km é cheia de atrações. Entre elas estão: God’s Window, Bourke’s Luck Potholes, Three Roundavels, Blyde Canion River, Berlin Fall e várias outras. Passamos o dia conhecendo as maravilhas da rota até chegarmos na cidade de Hoedspruit.

10 dias por Joanesburgo, Parque Kruger e Cidade do Cabo! Confira nossas dicas de roteiro e Airbnbs para uma viagem inesquecível ao continente africano

Hoedspruit

Hoedspruit foi o primeiro lugar onde passamos mais de um dia. Como há vários centros de reabilitação animal e a represa do Blyde Canion River, resolvemos ficar duas noites por lá.

Nestes dois dias aprendemos muito sobre a situação da savana africana e seus habitantes. Vários são os animais que chegam a estes centros quase mortos ou então sem condições de retornarem para a vida selvagem. É impossível não sair emocionado destes centros, mas o trabalho de preservação, educação e conscientização destas entidades mostra que ainda temos uma saída.

Para garantir sua visita uma boa dica é comprar o ticket online. 

10 dias por Joanesburgo, Parque Kruger e Cidade do Cabo! Confira nossas dicas de roteiro e Airbnbs para uma viagem inesquecível ao continente africano

Joanesburgo

Como nosso voo para Cidade do Cabo partia de Joanesburgo, este foi o nosso quarto destino. Lá tivemos nosso primeiro contato com uma outra África do Sul, menos selvagem e mais moderna.

Já sabíamos exatamente o que faríamos na capital. Visitaríamos o Apartheid Museum, Constitutional Hill, Sandton e o bairro de Maboneng. Para esta programação estipulamos dois dias e deu certo.

 

10 dias por Joanesburgo, Parque Kruger e Cidade do Cabo! Confira nossas dicas de roteiro e Airbnbs para uma viagem inesquecível ao continente africano

O fato de termos escolhido um Airbnb no bairro de Maboneng fez toda a diferença! Chegamos com tudo pago antecipadamente  e conseguimos curtir as feiras livres, restaurantes e galerias do bairro boêmio antes de embarcarmos para Cidade do Cabo.

Cidade do Cabo

O mínimo para se aproveitar Cidade do Cabo são três dias. A riqueza de atividades é enorme e tem atração para todo o tipo de gosto. Para quem gosta de história a visita à Robben Island, onde Mandela ficou preso por mais de duas décadas, é obrigatória.

10 dias por Joanesburgo, Parque Kruger e Cidade do Cabo! Confira nossas dicas de roteiro e Airbnbs para uma viagem inesquecível ao continente africano

Outro ponto que está nos livros de história, mas também agrada os aventureiros, é a Península do Cabo. Pelo caminho você ainda encontra uma das estradas mais lindas do mundo: a Chapman’s Peak. Boulders Beach com seus pinguins também está nesta rota.

10 dias por Joanesburgo, Parque Kruger e Cidade do Cabo! Confira nossas dicas de roteiro e Airbnbs para uma viagem inesquecível ao continente africano

Isso sem falar em Camps Bay, o charmoso bairro de Bo-Kapp, o Victoria and Alfred Waterfront, e a majestosa Table Mountain. É muita coisa e nada merece ser deixado de lado. Por este motivo, uma boa tática é se hospedar em várias regiões da Cidade do Cabo. Além de conhecer Airbnbs super diferentes, você ganha tempo para aproveitar tudo despreocupado.

Stellenbosch, Frakschhoenk e Constantia

Como se não bastasse todas as suas belezas naturais, a Cidade do Cabo ainda está localizada próxima a uma região cheia de vinícolas. Entre as principais cidades produtoras de vinho da região estão: Stellenbosch, Frakschhoenk e Constantia. Um misto de montanhas, praia, a região oferece lindos cenários com ricas opções gastronômicas. Literalmente um prato cheio!

 

Lembrando que essas são as indicações para quem vai passar um período de 10 dias na África do Sul. Mas é claro que ainda há muitas outras cidades para conhecer, como Jeffreys Bay, Port Elizabeth e por aí vai. Opções, ao contrário do tempo, não faltam. 

*Direito de imagem reservado: Pedro Castro.