Pop

Ariana Grande: A jornada rumo ao topo das paradas.

Ao observar a lista de indicados ao EMA 2019, fica impossível não perceber a diferença absurda entre todos os artistas da atualidade e Ariana Grande. A cantora de 26 anos foi nomeada a 9 prêmios diferentes e deixou claro para o mundo que está vivendo seu momento de glória. Considerada uma das maiores estrelas da música pop da atualidade, Ariana, mesmo com pouca idade, tem uma trajetória profissional imensa, antes mesmo da sua estreia como coadjuvante na série Brilhante Victória.

Vamos entender neste conteúdo toda a trajetória de Ariana desde o início da sua carreira e investigar como uma atriz da Nickelodeon conseguiu se lançar tão alto na carreira musical e de uma forma tão sólida que, aparentemente, nada o que aconteça a ameaça tirá-la de lá.

Foto: Reprodução Youtube

Para isso, é importante fazermos uma investigação à fundo nas grandes fases da carreira da jovem cantora. Daqui pra frente, vamos chamar esses momentos marcantes de Eras. 

A verdade é que, antes dessas eras tão marcantes, os primeiros passos da Ariana Grande já tinham sido dados muito antes do lançamento de Put Your Hearts Up, em abril de 2015.

Put Your Hearts Up foi seu single de estreia como cantora. A estética do clipe era extremamente romântica, quase beirando o conto de fadas.

A carreira da Ariana começou no teatro e, com apenas 8 anos, ela já era a estrela do musical Anne. Antes mesmo de ter deixado sua cidade natal na Flórida, Ariana Grande já havia estrelado produções como O Mágico de Oz e A Bela e a Fera. 

View this post on Instagram

if anything …. she’s consistent

A post shared by Ariana Grande (@arianagrande) on

“Se tem uma coisa que essa garota é… é consistente”. Brinca Ariana que repete o famoso rabo de cavalo desde sua infância.

Curiosamente, ela “participou”, anos depois, da Versão Live Action de A Bela e a Fera, da Disney, no cinema.

A trilha sonora oficial do filme A Bela e a Fera, contou com o show vocal de Ariana Grande e John Legend.

Em 2008, a família inteira da cantora se mudou para Nova York em busca de melhores oportunidades. Pode-se dizer que arriscar foi a melhor escolha que os Grande poderiam ter feito. Imediatamente, um mundo de oportunidades se abriu e, no mesmo ano, Ariana foi escalada pela Broadway para estrelar o musical Thirteen, interpretando a líder de torcida Charlotte.

Sua porta de entrada na Broadway atraiu a atenção dos olheiros de plantão e, apenas dois anos depois, Ariana já estava presente como coadjuvante em uma série que seria um divisor de águas em sua vida.

FOTO: Victoria Justice Daily

As Eras de Ariana Grande – Brilhante Victoria, da Nickelodeon

O “GRANDE” acerto de Ariana começou com a abertura das portas em rede nacional da série Brilhante Victoria, em 2010, onde Ariana atuou como a personagem Cat Valentine. Uma drama queen que reagia de forma exagerada a todos os ocorridos improváveis da série. Com sua cabeleira vermelha e sua atuação fofinha e carismática, Ariana foi rapidamente roubando a cena da protagonista Victoria Vega, interpretada pela atriz Victoria Justice.

Confira os melhores momentos musicais de Ariana Grande na série Brilhante Victória da Nickelodeon.

É claro que os diretores e produtores da Nickelodeon não perderam tempo e aproveitaram ao máximo os talentos vocais absurdos da Ariana durante a série. Isso fez com que a aspirante a cantora, na época, ganhasse um holofote absurdo sobre o seu trabalho, ganhando fãs pelo mundo inteiro.

Vale lembrar também que, pra quem achou que Ariana Grande surgiu do nada na Nickelodeon, já haviam se passado sete anos de trabalho duro e aperfeiçoamento até aquele momento.

Durante seu tempo como atriz, Ariana matinha um canal despretensioso no Youtube onde fazia covers de músicas populares e ia interagindo com seu público. Esta foi uma estratégia muito inteligente da cantora que se conectou com o público da TV e o da internet de forma igualmente certeira. Não demorou muito tempo para que as indústrias gigantes da música começassem a enxergá-la. Aos 17 anos Ariana Grande firmou contrato com a Republic Records e aqui começa a próxima etapa desta história.

A Era Yours Trully, de Ariana Grande

Ainda muito influenciada por essa estética da Brodway e dos musicais, Ariana Grande Lançou seu primeiro álbum de estúdio, Yours Trully, no dia 30 de agosto de 2013. A gravação deste álbum durou três anos e marcou as paradas de sucessos em diversos países.

Em 2013, quando a Ariana ainda não era o fenômeno gigantesco dos tempos atuais. Mika lançou uma parceria com ela no clipe Popular Song, que originalmente fazia parte da trilha sonora do musical Wicked, famosíssimo nos Estados Unidos. Provavelmente os olhos do cantor, que estava em plena ascensão na época, se encheram devido à teatralidade necessária para produzir esta música. 

Com mais de 180 MILHÕES de views, Popular Song foi um big hit na indústria da música.

A Era Your Trully, de Ariana Grande, contou com The Way como single de estréia e o álbum ficou em primeiro lugar na Billboard. Além de ser muito bem recebido pela crítica e pelo público, a Era Yours Trully foi responsável por marcar a construção de uma artista teen que conversava diretamente com seu público e com um talento inegável.

Singles como Right There, com participação do rapper Big Sean, The Way, com Mac Miller e Popular Song foram os grandes marcos desta era e firmaram a carreira de Ariana na música.

Os números são impressionantes, The Way tem mais de 380 milhões de views no Youtube.

Apenas 8 meses após o lançamento deste álbum, todos os projetos paralelos de Ariana foram cancelados e as atenções foram focadas diretamente para sua carreira música. O sucesso foi inegável e era hora de trabalhar muito para não se tornar uma artista de um hit só. 

Você pode acompanhar, faixa a faixa, o sucesso do álbum Yours Trully enquanto continua acompanhando essa escalada rumo ao sucesso!

O momento chegou e a nova era estava pronta, mas será que Ariana esperava o tamanho do sucesso que estava por vir? 

A Era My Everything, uma mudança na proposta “Princesa de Contos de Fadas”

Mais um grande sucesso, de Ariana, o álbum My Everything foi indicado para a categoria “Best Pop Vocal Album” no Grammy Awards de 2015. 

O pontapé inicial dessa era veio com o single destruidor fruto da parceria da cantora Iggy Azalea. Vemos aqui várias táticas que buscaram empurrar Ariana para deixar de ser uma artista teen e entrar para a lista dos grandes sucessos mundiais.

Surfando na onda das parcerias, como comentado nesta trajetória da carreira da Anitta, incluir Iggy no seu single de estréia da nova era foi muito inteligente. A cantora já estava no topo com a faixa Fancy e só serviu para alavancar ainda mais ariana rumo ao topo.

Ariana começou a quebrar alguns padrões de “boa menina” e a explorar mais sua sensualidade e sexualidade nas músicas deste álbum, fortalecendo-se e empoderando-se como mulher.

Break Free, com o DJ e produtor alemão Zedd, foi lançado como o segundo single em 2 de julho de 2014 e alcançou a quarta posição na tabela musical Billboard Hot 100. Para promover o álbum, Ariana Grande iniciou a turnê The Honeymoon Tour em fevereiro de 2015. 

O terceiro single Bang Bang foi uma parceria com Jessie J & Nicki Minaj lançada em 29 de julho de 2014.Ganhou um certificado de 5x Platina nos EUA e atingiu a terceira posição na Billboard Hot 100. 

Neste momento Ariana Grande já tinha conquistado o status de estrela mundial. Ela já tinha os hits, ela era aclamada pela crítica, já tinha sido indicada ao Grammy e ganhou diversos outro prêmios menores. Apesar disso, mesmo já tendo apresentado sua proposta como artista, entregado vocais impecáveis, ainda faltava o cheque mate: vulnerabilidade e o amor do público.

Participar de programas como o Saturday Night Live, viralizar na internet imitando a Whitney Houston e a Britney Spears, fizeram com que a conexão emocional da artista com sua base de fãs fosse cimentada sobre uma fundação extremamente forte. Sua estética estava cada vez mais refinada e o estilo de Ariana Grande já se fazia muito presente.

A Era Dangerous Woman: O empoderamento de Ariana

Considerado o melhor álbum da carreira da cantora (por mim, pelo menos), Dangerous Woman foi a primeira vez, desde a estréia de Ariana Grande no cenário musical, onde a cantora teve um pouco mais de tempo para desenvolver suas composições e pensar a fundo sobre a proposta de seu novo álbum.

Marcado por diversas tentativas de quebrar a imagem de garotinha perfeita, Ariana buscou mostrar ao mundo que é uma mulher forte e empoderada. Esse álbum conta com faixas como Dangerous Woman, Side to Side, com participação de Nicki Minaj e Bad Decisions que exploram sua sexualidade e rompem as barreiras criadas anteriormente.

Este álbum rendeu à Ariana mais uma indicação ao Grammy e emplacou diversos hits no topo das paradas. Um ponto interessante é que, anteriormente ao lançamento do mesmo, Ariana já havia lançado Focus, um videoclipe que daria um gostinho do que estava por vir.

Ariana Grande sempre foi muito inteligente ao buscar parcerias para divulgar as faixas de seu álbum. De longe a decisão mais estratégica que ela poderia ter tomado naquela época foi se aliar com Nicki Minaj na faixa Side to Side, que até o momento se tornaria o maior hit de sua carreira. Vale lembrar que Nicki Minaj é praticamente uma hit maker quando o assunto são os famosos feat’s.

O single rendeu uma apresentação controversa no VMA 2016 onde a cantora não foi capaz de fazer jus aos seus próprios vocais, dando uma dorzinha no peito dos seus fãs, pelo talento mal aproveitado.

A turnê Dangerous Woman e o ataque terrorista em Manchester

Em 22 de maio de 2017, durante a turnê de divulgação do álbum Dangerous Woman, Ariana Grande estava fazendo um show em Manchester, no Reino Unido na Manchester Arena, quando diversas explosões foram ouvidas.

Um ataque terrorista/suicida deixou 22 mortos, entre adultos e crianças, que assistiam seu show. O episódio foi algo extremamente triste e causou diversos traumas na cantora que cogitou nunca mais se apresentar ao vivo.

Para que tenhamos noção do tamanho da tragédia e da falta de suporte e maturidade emocional para lidar com uma situação dessas, vale lembrar que Ariana Grande tinha apenas 22 anos na época. A reparação dessa tragédia é completamente impossível e criou um vínculo emocional e sentimental eterno da cantora com as famílias e moradores de Manchester.

Duas semanas após o atentado, já um pouco mais recuperada do trauma, Ariana Grande, Scooter Braun, Simon Moran e Melvin Benn organizaram o show beneficente em prol de arrecadações para as vítimas do atentado. O evento ficaria conhecido como One Love Manchester e buscou propagar o amor durante todo o concerto.

Ariana Grande buscou se reerguer e se reinventar. Daqui para frente falaremos sobre a última grande virada de sua carreira que nos trouxe até os tempos atuais, onde parece que a cantora chegou em um nível nunca antes visto.

Aproveite para colocar Dangerous Woman faixa a faixa e se deliciar com essa produção tão cheia de emoção.

A Era Sweetener de Ariana Grande

O nome do álbum tem relação direta com a reviravolta em sua vida causada pelo atentado em Manchester. Uma homenagem à capacidade de pegar tudo de ruim ao seu redor e “adoçar” com amor, união e felicidade.

O álbum foi lançado em 17 de agosto de 2018 e traz o conceito do amor, recheado de mensagens profundas e positivas. Nesta era Ariana está muito mais focada nas suas mensagens do que na sua própria figura como artista.

Além disso, a faixa God is a Woman, favorita da avó de Ariana Grande que é muito idosa, homenageou a força das mulheres e faz uma reflexão sobre signos “femininos” como amor e empatia e como isso move o universo para frente. Dá uma olhada nesse videoclipe e faça as reflexões por si mesmo.

Além de God is a Woman, Ariana previamente havia lançado No Teas Left to Cry, um single que abordou diretamente, de forma realista e positiva o fato de que todas as mágoas devem ser vividas, as emoções devem ser sentidas até que suas lágrimas sequem. Quando isso acontecer é hora de seguir em frente, e foi extamanete o que a jovem de 23 anos, fez.

Além disso, o single gerou bastante memes aqui no Brasil por ter uma batida bem similar à musica de Fábio Junior, Só Você. Afinal, brasileiro não perdoa mesmo, né gente?

Vamos adoçar um pouco a vida com Sweetener? Ponha os fones de ouvido e se joga nesse álbum. Ah, e lembre-se, escutar as faixas na ordem certinha faz com que você entenda os interlúdios e o porquê a cantora escolheu colocá-las desta forma.

O álbum foi muito bem recebido pela crítica, alcançou o topo da parada da Bilboard e vendo mais de 230 mil cópias.

A Era Thank U, Next: Ariana Grande 7 Rings

O álbum mais recente da cantora, lançado em fevereiro de 2019 pela Republic Records é o queridinho da crítica. Este álbum foi responsável por colocar Ariana nas seguintes indicações do EMA 2019:

  • MeLHor canção: 7 rings
  • Melhor artista
  • Melhor vídeo: Thank u, next
  • Melhor artista pop
  • Melhor artista em performance ao vivo
  • Melhor fanbase
View this post on Instagram

link in bio 🖤

A post shared by Ariana Grande (@arianagrande) on

O álbum estreou com o single Thank U, next e gerou milhares de teorias sobre a real inspiração da cantora para a faixa. Inspirado no filme “As meninas malvadas” Ariana inter preta uma colegial patricinha que troca de namorados como troca de roupas.

A questão mesmo é que a música é boa, esteve no topo das paradas e foi fruto de muito trabalho ao longo dos anos. Ariana Grande chegou a um patamar que não importa o que será lançado, o público estará sedento e pronto para consumir o que a cantora tem a oferecer.

Ariana Grande 7 Rings

Baseada na trilha icônica de ‘The Sound of Music’, My favorite things, esta canção traz as coisas favoritas de Ariana, como champagne e festas. A música é cativante e se tornou imediatamente um sucesso em clubes e bares. Essa música foi um sucesso entre os fãs, batendo recorde no Spotify por downloads em 24 horas, de acordo com o manager de Ariana, Scooter Braun.

O Estilo de Ariana Grande ao longo dos anos

A carreira e o estilo de Ariana Grande é uma evolução constante, vem comigo acompanhar a evolução de cada era e se inspirar com seus looks maravilhosos do instagram da cantora. Roube todos esses looks com peças do Aliexpress.

Ariana Grande ruiva – Look da era Brilhante Victória

O estilo de Ariana Grande na Era Yours Trully

Looks da Era My Everything

 

Dangerous “Fashion” Woman

View this post on Instagram

my fourth baby is born tomorrow night hby

A post shared by Ariana Grande (@arianagrande) on

O estilo de Ariana na Era Sweetener

O styling por trás da Era Thank U, Next