S.O.S. Vídeos

Novidades sobre os serviços de entrega internacionais durante a pandemia

As entregas de encomendas internacionais seguem acontecendo com algum atraso durante a pandemia do covid-19, mas algumas novidades relacionadas a serviços e medidas tomadas por órgãos responsáveis, como os Correios, devem ajudar a aliviar um pouco esse problema para os compradores. Reunimos algumas dessas novas informações para você ficar atualizado com o que está acontecendo com as suas entregas internacionais e locais, seja você um consumidor ou vendedor.

Novo esquema de coleta dos Correios

Os Correios anunciaram, através do seu perfil oficial no Twitter e através de um vídeo no YouTube, um novo tipo de serviço de coleta gratuita para micro e pequenos empreendedores, que faz parte de um pacote de iniciativas que a empresa criou para auxiliar aqueles que se utilizam de comércio eletrônico durante o período de pandemia.

Correios entregas internacionais

Essa coleta é basicamente uma forma de um representante dos Correios ir até o endereço do vendedor para recolher as suas encomendas, evitando assim que ele precise ir até uma agência para realizar os envios. Essa foi uma forma que os Correios encontraram para incentivar o isolamento social para a redução do contágio do novo coronavírus.

Além da coleta gratuita, os clientes que têm contrato de envio com os correios também terão suspensão da cobrança do valor mínimo previsto nos contratos comerciais, redução do valor da cobrança adicional do manuseio especial por formato e dimensão e ampliação de vigência de pré-listas de postagem.

Para saber mais sobre o pacote, acesse o site dos Correios por aqui.

Serviços de entrega são considerados essenciais

Os Correios, assim como outros serviços de logística e entrega, foram considerados pelas autoridades como serviços essenciais em tempos de pandemia. Isso significa que eles continuam funcionando na medida do possível e da normalidade que a situação atual permite.

Essa é uma medida que não se limita ao Brasil, já que outros países da América Latina tomaram a mesma decisão. Em uma postagem no seu perfil oficial do Twitter, os Correios do México confirmaram que continuam trabalhando e realizando entregas para a sua população.

Entidades buscam flexibilizar medidas para aumentar fluxo de entregas

A IATA (International Air Transport Association) e a UPU (Universal Postal Union) informaram terem entrado em contato com vários membros de governos de países da América Latina para que fosse possível flexibilizar a capacidade aérea atual, possibilitando o aumento de voos comerciais para que o fluxo de entregas internacionais pudesse ser retomado o mais próximo da normalidade.

Segundo um comunicado liberado à imprensa, houve um aumento entre 25 e 30% na demanda por comércio eletrônico, ao mesmo tempo que ocorreu uma redução de 95% em voos com passageiros, normalmente utilizados para transportar encomendas vindas de sites internacionais.

Reprodução/K MacDonell (via ESA)

No press release, as duas entidades falaram o seguinte: “A IATA e a UPU estão pedindo aos governos que facilitem a flexibilidade que as companhias aéreas precisam para atender a essa demanda crítica, removendo os bloqueios de fronteira para garantir a continuidade dos fluxos comerciais, evitando regulamentações desnecessárias e acompanhando rapidamente a emissão de licenças para operações fretadas. Além disso, é essencial garantir a disponibilidade de pessoal treinado para processar e limpar as correspondências na chegada.”

É válido comentar que esse comunicado não significa uma mudança imediata no trabalho de logística no Brasil, mas que mostra o quanto o transporte de encomendas enfrenta um problema mundial de atrasos e entraves.

Para ler o comunicado na íntegra, clique aqui.

Fique ligado aqui no The Shoppers e no nosso canal no YouTube para saber sobre as novidades sobre o universo de compras na internet e os desdobramentos relacionados ao período de pandemia e entregas.

Para diminuir a ansiedade na espera das suas encomendas, não esqueça de usar o App do EBANX Track e acompanhar todas as atualizações de rastreio dos seus produtos.