Tech

AirPods vs AirDots: quais são as diferenças entre os fones de ouvido?

Quando a Apple lançou os AirPods, a sua linha de fones de ouvido sem fio, o mundo viu uma enxurrada de produtos semelhantes surgirem no mercado, mas o que conseguiu ter mais destaque junto ao público foi o Xiaomi Redmi AirDots. Quais são as diferenças entre esses dois produtos e qual deles vale mais a pena investir seu dinheiro? Fique ligado porque analisamos as fichas técnicas dos dois e contamos tudo para você.

Para saber exatamente quais são as diferenças entre os dois modelos de fones de ouvido, separamos suas informações em cinco tópicos: design, performance, conectividade, bateria e preço. Dessa forma, eles podem ser melhor comparados e dar uma noção melhor de qual é o ideal para você.

Design

Divulgação/Apple

O design dos AirPods é bastante similar ao dos fones antigos da Apple que acompanhavam os iPhones. A grande diferença é o fato de eles serem completamente sem fios. Algo que pode chatear alguns usuários é o fato de o modelo não consegue se adaptar à orelha do usuário. Isso significa que, caso ele não fique estável, pode cair ou ficar desconfortável para usar.

Por conta de seu design, existe menos isolamento entre o canal auditivo e o exterior, o que permite a passagem de ruídos, que afetam a qualidade de som do fone.

Airdots
Divulgação/Xiaomi

O Redmi AirDots, da Xiaomi, já apresentam um visual um pouco diferente, mais similares a outros modelos de fone sem fio, como os Galaxy Buds. Ele é discreto, com acabamento elegante e promete um melhor encaixe nos ouvidos. Isso garante mais isolamento de ruídos externos, permitindo ouvir música sem problemas, independente do volume.

Performance

Apesar de o design dos fones ser um ponto importante a ser levado em consideração a sua performance e qualidade sonora na reprodução. A atual geração de AirPods conta com um microcontrolador H1, que permite transmitir voz e sons via Bluetooth sem chiados, algo que pode ser uma boa pedida para quem usa mais os fones para realizar chamadas telefônicas, além de conseguir ativar a assistente Siri sem problemas.

Sobre sua reprodução de áudio, a Apple informa muito pouco sobre os componentes dos AirPods, mas basta verificar alguns reviews para encontrar alguns problemas com a reprodução de sons mais graves nos fones de ouvido da empresa.

Foto: REUTERS/Beck Diefenbach

Já os AirDots trazem especificações que indicam sua capacidade de entregar adio de boa qualidade, mesmo em volumes mais altos, graças aos seus drivers de 7,2 mm. De acordo com a empresa chinesa, os fones ainda trazem tecnologias que melhoram a reprodução de áudio, como cancelamento de ruído ativo, ideal para quem vai usar o fone em ambientes barulhentos.

Assim como os AirPods, o fone de ouvido da Xiaomi tem compatibilidade com a Siri, podendo ativá-la quando conectado a um iPhone, mas também tem a capacidade de usar o Google Assistente sem maiores problemas.

Conexões

Nesse quesito, tanto os AirPods quanto os AirDots são bastante similares. Ambos se conectam com smartphones, tablets e notebooks através da tecnologia Bluetooth, bastante difundida em aparelhos móveis.

Uma desvantagem dos AirPods é que algumas de suas funções, principalmente as relacionadas aos toques nos fones para desempenhar ações, são disponíveis apenas com aparelhos da própria Apple.

Bateria

A bateria dos AirPods chamam atenção pela sua autonomia, com todas as gerações garantindo 5 horas de uso sem a necessidade de uma nova carga. A geração atual dos fones ainda prometem 50% de mais autonomia de bateria do que as gerações anteriores para a reprodução de chamadas telefônicas.

Divulgação/Apple

O estojo que acompanha os fones ainda garantem mais 13 horas de uso, independente da geração. A Apple comercializa uma versão diferenciada dessa case/bateria, que permite o carregamento sem fio.

Já os AirDots oferecem bem menos tempo de autonomia geral. De acordo com a Xiaomi, os fones conseguem oferecer até quatro horas de reprodução com uma carga completa, com o seu estojo, que acompanha os fones, oferecendo, aproximadamente, mais 8 horas de bateria. Uma desvantagem é que, para carregar completamente os Redmi AirDots, são necessárias quase duas horas dentro do estojo.

Preço

O preço é um dos pontos que mais diferencia os AirPods e os AirDots. Isso porque, conforme é de conhecimento geral, os produtos da Apple tendem a ser consideravelmente mais caros que os seus rivais.

Através da loja oficial da Apple no Brasil, os AirPods com o estojo de recarga saem por R$ 1.349. A versão com a case que possibilita o carregamento sem fio custa R$ 1.679.

Airdots
Divulgação/Xiaomi

Em comparação, os Redmi AirDots podem ser encontradas em várias lojas virtuais brasileiras pelo preço médio de R$ 140.

Tendo isso em mente, principalmente o fato que os AirPods parecem muito mais robustos para usuários do iPhone, enquanto os AirDots oferecem uma vantagem maior para os usuários de Android, fica à sua escolha qual eventualmente comprar.