Tech

Vale a pena comprar iPhone da China?

Saiba mais sobre:

O iPhone é o smartphone mais conhecido do mundo e, consequentemente, o mais desejado também. Mas há um problema: tudo o que é da Apple é muito caro, pelo menos para quem vive no Brasil. Só para você ter ideia, o iPhone 8 custa a partir de R$ 3.999 por aqui. Isso tem feito muita gente importar o iPhone, principalmente de lojas chinesas.

Como comprar um iPhone da China? Quais os riscos e vantagens? Como evitar falsificações? Confira aqui o que você precisa saber sobre importar iPhone da China.
iPhone

Vale a pena comprar iPhone da China, então? Na primeira olhada, sim, pois praticamente todas as versões do iPhone são mais baratas em lojas como AliExpress. Mas também há riscos que, no fim das contas, podem fazer você ter prejuízo. Por isso, às vezes acaba sendo até melhor pegar um celular de marcas como Xiaomi, OnePlus e Huawei.

Quer entender o porquê? Então fica aí que a gente explica tudo.

Abaixo, você confere algumas opções de iPhone em lojas chinesas:

Como comprar iPhone da China com segurança?

Se, apesar dos riscos que vamos explicar mais abaixo, a vontade de comprar um iPhone falar mais alto, é recomendável tomar alguns cuidados para evitar que o “barato saia caro”. Note que as orientações a seguir não eliminam os riscos de problemas ao comprar iPhone da China, mas reduzem as chances de complicações.

Comecemos pela dica mais importante: se você decidir comprar no AliExpress, dê uma boa checada no vendedor antes de fechar a compra. Prefira vendedores com boa pontuação e que já tenham efetuado muitas vendas. Isso é importante porque há casos de vendedores novos que enganam os clientes e depois somem. Para você não ficar confuso, aqui no The Shoppers a gente explica como verificar a reputação do vendedor no AliExpress.

Também dê uma olhada nos comentários dos usuários que já compraram com aquele vendedor. Saiba ainda que é muito importante ler com atenção toda a descrição do produto e checar se a página tem o selo de proteção do consumidor, que vai garantir reembolso total ou parcial em caso de não recebimento ou não correspondência ao que foi comprado.

Como comprar um iPhone da China? Quais os riscos e vantagens? Como evitar falsificações? Confira aqui o que você precisa saber sobre importar iPhone da China.
Selo de proteção ao consumidor do AliExpress

Ah, não é só o AliExpress que vende iPhone. Você também pode procurar o smartphone em lojas como Tomtop e Lightinthebox. Esta última, por exemplo, costuma informar em um selo com dizeres como “reformado” que determinado iPhone é um produto recondicionado, um sinal claro de transparência com o consumidor.

Riscos de comprar iPhone da China

Infelizmente, comprar um iPhone da China é uma decisão cercada de riscos. Para começar, há a questão do recondicionamento. Aparelhos “reformados” costumam ser confiáveis, tanto que essa é uma prática muito comum nos Estados Unidos. Mas essa confiabilidade só existe quando determinados critérios de qualidade são seguidos à risca.

É difícil saber se revendedores chineses seguem esses critérios, portanto, o risco de o iPhone apresentar algum defeito acaba sendo maior — isso pode acontecer se uma peça for trocada por uma de qualidade inferior, por exemplo.

Além disso, há o risco das falsificações. Muitas vezes o vendedor até deixa claro que aquele celular é uma imitação do iPhone. Só que cópias nunca vão funcionar tão bem quantos os originais. Neste ponto, vale lembrar que, agora, a Anatel bloqueia celulares irregulares no Brasil.

O vídeo abaixo é muito interessante porque mostra as diferenças de um iPhone 6s original para um falso. Mesmo que você não entenda inglês, vai notar como a falsificação chega a ser bizarra em determinados aspectos:

Existe ainda o risco de você comprar um produto fruto de contrabando (aí não dá, né?) ou de você se tornar vítima de um golpe: embora não sejam problemas muito frequentes, há casos de pessoas que receberam um iPhone falso ou mais antigo do que o anunciado (um iPhone 6 no lugar de um iPhone 6s, por exemplo), bem como de pessoas que tiveram o produto extraviado no meio do caminho (e receberam uma pedra no lugar do iPhone).

Se você pesquisar no Google ou mesmo no YouTube, não vai ter dificuldades para encontrar relatos de pessoas que tiveram problemas ao comprar um iPhone em uma loja chinesa, portanto, todo cuidado é pouco, sempre.

Outro fator importante: às vezes o preço até compensa, mas o iPhone pode ser taxado quando chegar ao Brasil, fazendo a economia ir para o ralo.

Por que iPhone da China é mais barato?

Se a gente levar em conta só o preço, vale muito a pena importar o iPhone da China. Normalmente, os preços das lojas online chinesas são mais baratos até do que os de lojas físicas do país. Isso é o que leva pessoas do mundo todo a comprar iPhones em sites como AliExpress.

Como comprar um iPhone da China? Quais os riscos e vantagens? Como evitar falsificações? Confira aqui o que você precisa saber sobre importar iPhone da China.
iPhone 7

Há outras lojas online que vendem iPhone, mas o AliExpress é o mais conhecido para isso por um simples motivo: o site funciona como uma espécie de shopping virtual que reúne vários vendedores em uma plataforma só. Muitos vendedores acabam aparecendo por ali, portanto, sem que eles sejam revendedores oficiais da Apple.

Qual o truque, então? Em boa parte das vezes, esses vendedores comercializam iPhones recondicionados (refurbished). Podem ser aparelhos que apresentaram defeito ou dano (por exemplo, uma trinca na tela ou bateria que superaquece) e foram trocados por novos. Nessas circunstâncias, as unidades com problemas passam por uma reforma e voltam a ser vendidas, mas com preços mais em conta.

O vídeo abaixo mostra um iPhone 7 recondicionado. A filmagem está em inglês, mas, mesmo que você não entenda, conseguirá perceber que o trabalho de recondicionamento foi bem feito.

Em alguns casos, iPhones são vendidos com preços mais convidativos por serem sobras de estoque ou corresponderem a versões antigas. Mas tudo indica que, na maior parte dos casos, os aparelhos são mesmo mais baratos por serem recondicionados.

Que tal um smartphone da Xiaomi ou outra marca chinesa em vez do iPhone?

Que a linha iPhone é excelente não há dúvidas. Há quem goste dos celulares da Apple por conta da praticidade do sistema operacional (o iOS), da sensação de estar usando um produto criado com cuidado, do estilo que cerca a marca ou de uma combinação desses fatores.

Sabe o que há de errado nisso? Nada. O problema é mesmo o preço alto, que faz até muita gente recorrer a aparelhos de gerações anteriores — só que, como explicamos aqui no The Shoppers, nem sempre é uma boa ideia comprar um iPhone antigo só pelo prazer de ter um.

Como comprar um iPhone da China? Quais os riscos e vantagens? Como evitar falsificações? Confira aqui o que você precisa saber sobre importar iPhone da China.
Olha que coisa linda é o Xiaomi Mi Mix 2

Uma alternativa interessante são os smartphones de marcas como Xiaomi, Huawei, OnePlus, Oppo e Asus. Essas empresas perceberam que precisam combinar preços amigáveis com ótima qualidade. Os resultados são aparelhos incríveis, que podem ter tanto ou mais vantagens que um iPhone. Até contamos aqui como foi a experiência de trocar um iPhone por um Mi Mix 2, um incrível celular da Xiaomi que traz tela quase bordas e hardware poderosíssimo.

Outro exemplo legal: a Asus foi uma das atrações do MWC 2018, maior feira sobre celulares do mundo. Lá, a marca apresentou o ZenFone 5z, smartphone também com tela quase sem bordas e configuração poderosa que vem para brigar com o caríssimo iPhone X (US$ 999 nos Estados Unidos ou R$ 6.999 no Brasil), só que com um preço mais convidativo: cerca de US$ 700 na pré-venda (o preço tende a cair logo após o lançamento).

Como comprar um iPhone da China? Quais os riscos e vantagens? Como evitar falsificações? Confira aqui o que você precisa saber sobre importar iPhone da China.
O bonitão do ZenFone 5 / 5z

Quer sugestões mais em conta? Ok, aqui vão algumas dicas para todos os bolsos:

Conte com a gente

2018 promete ser um ano intenso para quem acompanha o universo dos smartphones. Muita coisa interessante está por vir, como o Xiaomi Mi Mix 2s (sucessor do Mi Mix 2) e o OnePlus 6, sem contar as novidades de marcas como Huawei, Oppo, Lenovo e Alcatel.

Acha difícil ficar por dentro de todos os lançamentos? Não se preocupe: é só acompanhar o The Shoppers. A gente vai te manter informado das principais novidades sobre celulares, além de dar dicas de comprar em lojas como AliExpress, Banggood, GearBest, Tomtop e LightInTheBox.

 

Quer saber mais sobre outras grandes marcas e estar sempre por dentro das tendências de compras online? É só acompanhar o The Shoppers pelo FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Até a próxima, Tech Shopper!