Tech

Evolução da Câmera Frontal: Do inexistente ao invisível!

Fonte: Samsung e Shutterstock

A guerra dos smartphones atingiu um novo patamar em 2019, com o lançamento de celulares com câmeras frontais praticamente ou literalmente, invisíveis. O objetivo de marcas como Xiaomi, Huawei e Oppo é o mesmo: Oferecer a maior quantidade de tela para o usuário e desenvolver tecnologias que são dignas de filmes futuristas.

Camera sob tela
Um dos novos smartphones da gigante chinesa, Xiaomi, possui câmera frontal invisível!

Ao contrário do que muitos podem acreditar, o iPhone não foi o primeiro modelo à oferecer câmera frontal e inclusive, a Apple não foi nem pioneira na lista de marcas que lançaram celulares com notch, detalhe que revolucionou o formato dos smartphones.

Antes de avaliarmos os novos modelos que aparentam nem ter câmera na parte frontal do celular, vamos descobrir de onde essa tecnologia veio e como foi sua evolução ao longo dos anos.

Primeiro celular com câmera frontal: Motorola A920

Assim como a história do computador e do primeiro celular, em um primeiro momento, a tecnologia da câmera frontal não era nada atraente. O primeiro celular memorável com esse detalhe foi o modelo Motorola A920, lançado em 2003, muito próximo ao lançamento da tecnologia G (rede de internet móvel). Além da grande novidade, o celular de antena da Motorola possuía um charme extra: A canetinha para utilizar o touch screen!

Imagens atribuídas à http://phonesdata.com/pt/smartphones/motorola/a920-882/
Fonte: Phonesdata

Com impressionantes 0.3 MP, o modelo da Motorola iniciou a tendência de celulares capazes de fazer videoconferência e teve sucessores A1000 (2004) e A1200 (2005), sendo inclusive, um dos primeiros smartphones da história da tecnologia.

Em seguida, no final de 2003, a Sony Ericsson lançou o modelo Z1010 com flip e câmera frontal, mostrando que a tecnologia não era somente das gigantes.

iPhone é lançado em 2007 , revolucionando o Touch Screen!

Mesmo não sendo a criadora do primeiro smartphone e muito menos, dona da câmera frontal, a Apple conseguiu se colocar no topo da cadeia alimentar tecnológica, ao fazer história com Steve Jobs apresentando o novo celular da marca, iPhone, no dia 29 de junho de 2007.

Além de sistema operacional próprio, navegação intuitiva e conexão com iPod, o novo modelo de celular trazia a maior tela já vista, um dos menores tamanhos e pesos entre os celulares dos anos 2000, tecnologia de toque direto no visor, ausência de teclado e um fato curioso: O primeiro iPhone não possuía câmera frontal! Nem a segunda (iPhone 3G) ou terceira versão (iPhone 3GS) do celular chegou a possuir a câmera frontal e já fazia um sucesso indiscutível entre os smartphones.

Somente em 24 de junho de 2010, o modelo iPhone 4 foi anunciado e dessa vez, além da câmera traseira clássica de 5MP e flash de LED, possuía uma câmera frontal capaz de fazer ligações de vídeo com outros modelos de iPhone 4, através do aplicativo FaceTime, conectado à uma rede Wi-Fi.

Fonte: Tech Co - https://tech.co/news/notch-evolution-phone-selfie-camera-2018-11
A evolução das câmeras do iPhone ditaram a corrida dos smartphones.

Os modelos seguintes receberam atualizações que também mudaram o curso da corrida tecnológica envolvendo a câmera frontal, chegando até a situação atual, com o iPhone X, que novamente revolucionou a estrutura dos celulares.

Observação: Apesar de outras grandes marcas como Motorola, Nokia e LG também terem lançado vários celulares ao longo dos anos, nada fugiu muito do padrão de câmeras no topo da tela, próximas ao speaker para ligações de voz.

O nascimento do Notch: iPhone X é lançado em 3 de novembro de 2017

Fonte: Apple
O detalhe do Notch foi uma das principais mudanças desde o lançamento do iPhone X.

Depois da primeira vez que o mundo viu essa tela, a guerra dos smartphones não foi mais a mesma. Saindo de um display de 1920 x 1080 do iPhone 8 Plus, para 2436 x 1125, a Apple provou que sabia exatamente o que o usuário queria: Mais tela, muito mais tela.

Fonte: Shutterstock
A variação de detalhes Notch resultou em vários novos modelos em 2018 e 2019!

Após o lançamento do novo smartphone com sistema iOS, o avanço de estrutura e tecnologia de tela e câmera virou uma batalha agressiva entre marcas como Xiaomi, Samsung, Huawei, Oppo e Asus.

Quantos menos, melhor: Huawei P20 Pro

Fonte: Huawei
O modelo da Huawei reduziu o tamanho do Notch e trouxe uma câmera de 40MP!

A empresa chinesa Huawei, entrou na briga e lançou um dos modelos mais potentes de 2018, que foi detentor da melhor câmera do mundo por alguns lançamentos. O detalhe do Notch foi reduzido para permitir uma tela de 2280 x 1080 capaz de visualizar as imagens de alta resolução retiradas com as 3 câmeras traseiras do modelo P20.

Oppo R15 – Quase sem bordas

Fonte: Oppo
O modelo Oppo R15 também aderiu à moda do Notch com câmeras potentes.

Com câmeras de 16MP e 20MP, o modelo da marca Oppo possuía uma tela de 2280 x 1080 e metade do preço do iPhone X, provando que apesar do detalhe ser uma nova tendência, a competitividade continuava nos preços de mercado. O R15 recebeu uma versão mais rápida chamada R15 Pro, porém sem mudanças na estrutura ou qualidade das câmeras.

A cada modelo lançado pelas principais marcas de smartphone, a tela foi ganhando espaço e a câmera foi reduzida a um ponto capaz de tirar fotos em alta resolução, como foi o caso do Galaxy A8s, lançado pela Samsung:

Situação atual da câmera frontal: Pequena ou Invisível?

Após o lançamento de vários modelos com câmeras cada vez mais discretas, o inevitável era claro: Em algum momento, alguma marca de celulares teria que lançar um modelo com tela infinita, 100%, sem câmera, sem interrupções. Isso aconteceu de várias formas diferentes, envolvendo celulares com câmeras deslizantes, automáticas e invisíveis.

Listamos alguns modelos que apresentam essas variáveis e já estão na frente de Apple e outras marcas, na tecnologia dos smartphones:

Oppo X – O celular chinês com tela infinita

Fonte: Oppo

Com uma tela de 2340 x 1080, o modelo ganhou atenção da internet mundial e foi um dos primeiros modelos a ter a ousadia de apresentar 100% da tela, sem qualquer buraco ou câmera aparente. A estratégia utilizada, foi inserir um módulo que desliza a traseira do celular, liberando a câmera frontal com 25MP e também a traseira de 16 e 20MP:

Fonte: EPT

Não contente com a novidade, a Oppo recentemente postou em seu Twitter um vídeo curioso, mostrando um novo celular, com câmera invisível. Sem data de lançamento e sem mais detalhes, o novo modelo deixa muitas dúvidas:

Xiaomi Mi 9T com câmera Pop-Up que se esconde

A principal marca chinesa que lança smartphones frequentemente, Xiaomi, trouxe uma alternativa para o estilo da Oppo e ao invés de deslizar toda a traseira do celular, desenvolveu uma câmera de 20MP que é habilitada no momento da foto. O vídeo do canal oficial da marca, mostra todas os benefícios do novo aparelho e também, a funcionalidade da nova câmera frontal.

Curiosamente, assim como sua adversária, a Xiaomi também tweetou um vídeo, mostrando que já desenvolveu uma câmera invisível, embaixo do display, superando sua própria tecnologia e intimidando a concorrência com essas imagens:

Sem dúvida, teremos os primeiros smartphones com tela infinita e câmera frontal invisível ainda em 2019. Após a revolução do notch e a criação de celulares com telas sem bordas, qual será a próxima tendência? Será que a Apple novamente vai fazer história, anunciando um modelo imprevisível? Uma coisa, o The Shoppers pode garantir: Quando acontecer, nós vamos saber e você vai ler tudo em primeira mão.

Deixe sua opinião sobre os novos smartphones e sobre as tendências lançadas desde o primeiro modelo de 2003.

Até a próxima, Shoppers!