Tech Vídeos

Galaxy Watch Active: vale a pena?

Nós somos aquelas pessoas que precisam “pegar para ver”, sabe? Nessa semana, recebemos por aqui um Galaxy Watch Active, o smartwatch da Samsung.

Se você ainda não conhece ou não sabe a diferença entre um smartwatch e uma smartband, a gente te explica! O smartwatch, ou relógio inteligente, tem mais recursos e depende menos de um smartphone para funcionar. Além disso, ele tem essa estética de relógio mesmo, tendo um visor maior. Já as smartbands, pulseiras inteligentes, precisam estar conectadas ao seu celular e tem um design mais simples. Tudo isso vai, claro, impactar no preço dos produtos.

Visual elegante e funcionalidades práticas

O Galaxy Watch Active é leve e tem uma tela com um ótimo tamanho: 28 mm. A primeira vista, o que mais chama atenção é realmente o visual. O modelo que nós analisamos vinha com uma pulseira rosa lindíssima, mas estão disponíveis no mercado as cores prata, preto e verde também.

O sistema operacional é o Tizen e as informações exibidas na tela são mais limpas, usando muitos ícones pequenos e eficientes. No início, sentimos um pouco de dificuldade ao selecionar os recursos, mas é só costume.

Sobre as funções, o Galaxy Watch Active funciona muito bem para quem quer acompanhar a saúde e a prática de exercícios físicos. Ele consegue monitor nada menos do que 39 atividades, usando sensores de movimento e GPS. Resistente a água, é possível você até acompanhar suas aulas de natação sem problemas!

Além disso, a smartwatch também monitora constantemente seus batimentos cardíacos, te avisando em momentos de pico, além de fazer um acompanhamento da sua qualidade de sono. Todos esses dados ficam registrados no aplicativo Samsung Health, que te ajudará a acompanhar melhor a sua evolução.

Por falar em aplicativo, um ponto é muito importante: o Samsung Health, como era de se imaginar, funciona muito melhor em aparelhos da Samsung. Em outras marcas, será preciso instalar alguns outros recursos e ele pode não funcionar 100% em aparelhos iOS.

Veredito final

O Galaxy Watch Active tem sim mais recursos, porém, as funções mais interessantes para quem usa o aparelho, como o monitoramento das atividades físicas, dos batimentos cardíacos e do sono, são os mesmos de uma smartband. O visual realmente se destaca, sendo muito mais elegante e detalhado.

Levando em consideração que o preço médio da smartwatch é de R$ 1.500 contra R$ 150 de uma Mi Band 4, por exemplo, vale considerar quais os seus objetivos com o gadget.

Além disso, a bateria tem uma durabilidade ok, cerca de 45 horas. Se você é aquela pessoa que vive esquecendo de carregar seus eletrônicos, vale lembrar que uma smartband, como a Mi Band 4, leva cerca de 20 dias até que você precise correr para uma tomada.