Tech

Motorola Razr em: a volta dos que foram

Depois da volta das pochetes, do colar choker e do grupo Rouge, a próxima moda, vinda diretamente dos anos 2000, são os celulares dobráveis. A Motorola finalmente lançou o modelo Razr e nós já fomos correndo conferir!

Se você tem mais de 30 anos, provavelmente conhece o famoso Motorola V3. Eu, particularmente, tinha um rosa bem discreto (só que não), e o que eu achava mais legal era poder finalizar uma ligação fechando com tudo o celular. 

Após a Huawei e a Samsung anunciarem seus aparelhos com Flip, fomos surpreendidos, há alguns meses, com a informação de que a Lenovo iria reviver a linha Morotola RAZR.

Ontem, 13 de novembro, chegou o momento: o Motorola Razr foi lançado oficialmente! Como os rumores já indicavam, o aparelho tem uma tela dobrável interna e um display externo para notificações.

Claro, ele lembra muito o antigo V3, mas não ache que foi fácil bater o materno no modelo final. Segundo a fabricante, eles tiveram 26 protótipos diferentes até chegar no atual.

Muito bonito, mas cade o modelo rosa?

Se você curte muito tecnologia, vale avisar que esse aparelho será mais focado no design e na nostalgia, já que terá especificações de hardware mais modestas que as de seus concorrentes, sendo considerado um smartphone intermediário.

Para priorizar o visual, a Motorola abriu mão de algumas especificações que talvez sejam importantes para quem busca desempenho. A bateria, por exemplo, tem apenas 2.510 mAh e o processador é o Snapdragon 710, que tem um desempenho um pouco abaixo da linha 800 da marca.

Com tela interna de OLED com 6,2 polegadas e proporção 21:9, a resolução do Motorola Razr é de 2142×876, o que deixa o aparelho entre HD e Full HD.

O Motorola Razr vem com câmera externa principal de 16 MP e abertura f/1.7. Para as suas selfies, basta abrir o aparelho e usar a câmera interna de 5 MP e abertura f/2.0.

Durante o lançamento, a Motorola falou sobre os testes de resistência e durabilidade do aparelho. O corpo tem aço inoxidável e vidro, deixando o smartphone resistente, mas sem pesar muito.

O aparelho chega as lojas dos Estados Unidos em janeiro, no valor de U$ 1.5 mil.