O sistema de rastreio dos Correios é uma ferramenta indispensável para comprar com segurança em sites internacionais; acessível por site ou via app, o código de rastreamento da empresa revela a localização das encomendas e relaciona tributos e serviços a pagar.

Compartilhe essa dica nas suas redes sociais, Shopper!

Se as compras internacionais são mesmo uma aventura, então o rastreamento de objetos nos Correios deve representar aquele ponto de maior tensão na trama. Afinal, muita coisa pode acontecer na jornada entre os portais do “Objeto postado” e as glórias do “Objeto entregue ao destinatário”. Mas um herói bem informado deve valer por dois, certo? Assim, permita que o The Shoppers lhe sirva como guia nessa trajetória épica pelo rastreio dos Correios.

O que é o código de rastreio?

Para consultar o status da sua encomenda, basta colar o código de rastreio no site dos Correios. (Imagem Reprodução_Correios) O código de rastreamento (ou rastreio) é uma sequência de 13 caracteres (nove números e quatro letras) que identifica imediatamente a sua encomenda no sistema dos Correios. Vale lembrar, entretanto, que nem todas as encomendas possuem rastreio – e há ainda algumas que não incluem atualizações “ponto a ponto”. O app SRO Mobile fornece uma maneira rápida e prática de acompanhar a sua encomenda. (Fonte Reprodução_Correios) Como padrão, entretanto, lojas grandes como as chinesas AliExpress, DHgate e GearBest fornecem código de rastreio. O acompanhamento pode ser feito tanto pelo site dos correios quanto via SMS ou por meio do aplicativo SRO Mobile (disponível para Android e iOS).  

Quais são os status do rastreio dos Correios para sua encomenda?

O status Aguardando Pagamento indica cobrança em aberto do Despacho Postal. (Fonte Reprodução_Correios)

Objeto Postado:

A mensagem informa que o item já foi recebido e processado pela transportadora do país de origem e está pronto para ser encaminhado ao Brasil. É o primeiro passo no rastreio dos Correios do processo logístico que levará a encomenda até a sua casa ou empresa.

Objeto encaminhado:

Esse status indica que a encomenda já teve sua saída registrada do país de origem, podendo se encontrar no momento em uma de duas situações possíveis: (1) o item se encontra em translado para o Brasil; ou (2) a remessa já está aqui, mas passa por processos alfandegários. Um objeto parado nesse estágio por muito tempo pode indicar inspeção em andamento.

Fiscalização Aduaneira finalizada:

Significa que a entrada (nacionalização) do produto já foi concluída pela alfândega; o item segue agora até o destinatário, embora ainda sujeito à cobrança do despacho postal.

Liberado sem tributação:

A encomenda foi liberada para entrada no país sem cobranças de impostos de importação. É bom lembrar que os R$15 do despacho postal ainda podem ser cobrados.

Aguardando pagamento:

O sistema ainda não registrou o pagamento dos custos de despacho postal. O pagamento deve ser feito em até 30 dias via cartão de crédito ou boleto bancário.

Pagamento confirmado:

O sistema já registrou os pagamentos dos tributos e serviços postais, e o item será encaminhado diretamente ao endereço do destinatário “conforme os prazos de cada modalidade de envio”, como reforça o site dos Correios.

Entrega em até 40 dias úteis:

A mensagem identifica o prazo de entrega estimado pelos correios após liberação aduaneira e/ou pagamento de taxas e serviços, a depender da modalidade de envio escolhida. Vale notar que o pagamento (ou não) do despacho postal não altera esse período, que é exclusivamente logístico.

Objeto entregue ao destinatário:

A encomenda já foi entregue pelos Correios no endereço fornecido pelo remetente. Caso você não tenha recebido o item, convém checar com vizinhos, colegas de trabalho ou com o porteiro do condomínio. Caso a remessa não seja localizada, cabe registrar uma reclamação no site dos Correios.

Objeto devolvido – vencido o prazo de pagamento:

A mensagem informa que a encomenda foi devolvida ao remetente por conta do não pagamento de tributos e/ou custos de serviços postais incidentes sobre o item. Novamente, vale reforçar que há um prazo de 30 dias corridos para que se efetuem os pagamentos, a contar da data de liberação da encomenda por parte da Receita Federal.

A importação do objeto/conteúdo não foi autorizada pelos órgãos fiscalizadores:

Esse status indica que o item em questão teve sua importação impedida pelos órgãos competentes. Há vários motivos possíveis para o impedimento na hora de nacionalizar uma encomenda. Isso pode ocorrer por insuficiência de dados na declaração (conteúdo do pacote, remetente etc.), por remessa itens ilegais, por subfaturamento etc. Confira o nosso artigo “O que pode e não pode importar pelos Correios” para mais detalhes.

Objeto encaminhado de unidade de distribuição para unidade de tratamento:

Informações como essa indicam movimentação interna dentro da rede logística dos Correios. Desse ponto em diante, o item deve ter seus status atualizados com maior frequência, conforme ocorre o trânsito entre as diversas unidades dos Correios.

Saiu para entrega:

Indica que a encomenda está a caminho até o destinatário. É bom notar, entretanto, que esse status do rastreio dos Correios não está livre de imprevistos.

Destinatário ausente:

Essa linha é adicionada ao sistema de rastreamento caso os Correios não tenham encontrado ninguém para receber a encomenda no endereço fornecido. Caso isso ocorra, o melhor é ficar de olho nas atualizações do rastreio e entrar em contato os Correios para resolver a situação.

Área com distribuição sujeita a prazo diferenciado:

Algumas regiões são consideradas inseguras pelos Correios, o que pode fazer atrasar um pouco uma encomenda. Esse status pode ser atribuído por destinatários em regiões rurais remotas ou em logradouros de difícil acesso e/ou que impliquem risco. Em situações assim, a empresa normalmente costuma esperar o acúmulo de certo volume de pacotes endereçados à mesma região, a fim de entregá-los todos de uma vez, com eventual uso de escolta. Outra opção pode ser retirar a encomenda pessoalmente em uma agência.

Objeto roubado ou objeto extraviado:

Provavelmente o pior status possível que se possa encontrar na área de rastreio. Deve ser também o mais óbvio: a sua encomenda desapareceu da rede dos Correios, possivelmente por ter sido roubada em trânsito. Nesses casos, o melhor é entrar em contato o mais rápido possível com os Correios.

“Por que a minha encomenda está parada?”

Apesar da proverbial morosidade que normalmente é atribuída aos Correios, é bom lembrar: a empresa nem sempre é a responsável por eventuais atrasos. Caso o seu item tenha sido selecionado para inspeção aduaneira, por exemplo, entram em cena os prazos da alfândega brasileira. A partir desse ponto, as atualizações normalmente são mais frequentes.

Conta pra gente, Shopper. Este post foi útil pra você?

Ver mais categorias