Compartilhe essa dica nas suas redes sociais, Shopper!

Parece que, da noite para o dia, os principais canais de comunicação de tecnologia não param de falar do tal processador Snapdragon. Toda vez que marcas como Samsung, Motorola, LG, Nokia, Xiaomi ou ASUS anunciam novos smartphones, essa combinação de palavras aparece e parece fazer toda a diferença, por isso decidimos desvendar os mistérios dos processadores e entender o que é o bendito Snapdragon.

Antes de tudo, precisamos entender como operam esses processadores e o que significam todas as especificações e detalhes técnicos que os sites de tecnologia apresentam como se possuíssem significados óbvios: MHz, GHz, singlecore, octacore, whatever, Chuck Norris!

O que é um processador? Eu preciso saber!

Processadores são chips ou conjuntos de chips (chipsets) que possuem a mesma importância de motores de carros, só que para smartphones, tablets, smart TVs e TV Box, sendo responsáveis pela velocidade que esses aparelhos fazem a leitura de informações e executam ações ou tarefas, simultaneamente. Os processadores são responsáveis por impedir que seu celular fique com aplicativos travando, que imagens tenham baixa resolução ou até que a bateria do seu aparelho acaba ainda mais rápido, tendo uma grande responsabilidade na hora de categorizar, por exemplo, um smartphone como básico ou top de linha.

Ao encontrar comparações sobre um processador Snapdragon ou modelos em geral, você irá sempre encontrar uma unidade de frequência de MHz (megahertz) e GHz (gigahertz, equivalente à 1.000 MHz), responsáveis pela quantidade de instruções que um processador específico consegue executar dentro de um intervalo de tempo. Basicamente, é a velocidade de leitura que um aparelho possui, quanto maior o número, maior a performance oferecida.

Além disso, você precisa saber que cada processador possui um número de núcleos, cada um responsável pela execução de tarefas específicas, sendo as variáveis de 1 à 8 núcleos: single-core, duo-core, quad-core e octa-core. Quanto mais núcleos, maior o número de tarefas simultâneas e maior o benefício multitasking que um processador poderá oferecer para um aparelho tecnológico, oferecendo qualidade de imagem, de processamento e até recursos de inteligência artificial, como é o caso dos modelos recentes de processador Snapdragon.

Os benefícios de um processador Snapdragon feito pela Qualcomm

Source: Qualcomm

O nome Snapdragon foi escolhido, pois na língua inglesa, Snap(fantasma) e Dragon(dragão) parecem trazer um sentido de agilidade e ferocidade nos processadores da Qualcomm.

Agora que já entendemos o que são processadores, já podemos dizer que Snapdragon é uma marca de chips criada pela empresa norte-americana fundada em 1985, Qualcomm, responsável pela produção dos principais chipsets do mundo. Focando suas produções principalmente para dispositivos móveis, a empresa criou o primeiro processador Snapdragon em 2008, com núcleo single-core, frequência de 528 MHz, capaz de sustentar resoluções de 720p e câmeras de até 12 megapixels.

Para fazer uma leve comparação, no segundo semestre de 2019, a Qualcomm anunciou o modelo Snapdragon 855 Plus, com núcleo octa-core, frequência de 2.96 GHz, apresentação de imagens em 4K, jogos em 60FPS e performance capaz de sustentar câmeras de mais de 25 megapixels, sendo praticamente injusto comparar a nova tecnologia, com seu primeiro modelo.

Os processadores Snapdragon se tornaram referência no mercado de tecnologia, fazendo parte a estrutura de grandes smartphones e televisões, garantindo a alta performance de grandes e clássicos aparelhos como: Samsung Galaxy S10, Xiaomi Mi 9T, Xiaomi Mi A2 e Motorola Moto G. Os números que aparecem seguidos de processador Snapdragon representam a família em que o chipset foi feito, visto que os modelos foram produzidos desde 2008, resultando na criação das seguintes famílias Qualcomm Snapdragon: 800, 600, 400 e 200.

Qualcomm Snapdragon 855 Plus: A novidade que surpreendeu o mundo da tecnologia!

Imagem: Tecnoblog

O rei dos processadores , Snapdragon 855, perdeu seu trono para o modelo Plus, que oferece maior desempenho de frequência e resolução.

Surpreendendo os principais canais de comunicação de tecnologia, a Qualcomm quebrou a regra de um lançamento anual, confirmando a disponibilização do sucessor do titã Snapdragon 855, oficializando o novo modelo, entitulado Qualcomm Snapdragon 855 Plus. Apesar de não trazer grandes revoluções, o novo chipset foi abençoado com uma frequência de 2.96 GHz, em comparação com os 2.84 GHz de seu antecessor, garantindo 15% a mais de desempenho gráfico e sendo um candidato em potencial para novos smartphones focados em jogos.

Inclusive, assim que o novo processador Snapdragon foi anunciado, a marca de celulares ASUS não demorou em confirmar seu novo modelo ROG Phone 2, para 23 de julho de 2019, na China, praticamente uma máquina de rodar jogos para dispositivos móveis. Grandes anúncios que prometem trazer um novo nível de competitividade no mercado de processadores para smartphones e tablets.

Mais uma vez, a Qualcomm se coloca no topo da cadeia alimentar tecnológica, anunciando um processador Snapdragon capaz de superar o último lançamento da própria marca, estabelecendo um líder potente para outros processadores.

Onde comprar os melhores smartphones com processador Snapdragon?

Apesar da Qualcomm ser americana, serve de fornecedoras de chipsets para várias marcas chinesas, que já são conhecidas mundialmente por oferecem smartphones com processador Snapdragon e tecnologia avançada. As empresas OnePlus, Xiaomi e ASUS utilizam muito os processadores titãs do mercado e oferecem seus modelos mais econômicos ou mais recentes e potentes, em sites da China como a Gearbest, que aceita parcelamento em cartão nacional e boleto bancário.

Separamos alguns celulares com processadores de alta performance, com um preço acessível até para novos smartphones da Samsung, encontrados no Brasil:

Conta pra gente, Shopper. Este post foi útil pra você?

Ver mais categorias